Thursday, July 5, 2018

Vinte Mil Léguas Submarinas - Júlio Verne

Linked by...  


No livro Moby Dick - Herman Melville foi mencionado o Maelstrom Norueguês, que na altura desconhecia. Quando fui pesquisar o que significava a palavra Maelström, aprendi que se trata de um enorme e poderoso redemoinho marítimo que na ficção havia sido utilizado utilizado por Melville, Poe e Verne. 

Assim, resolvi incluir como linked books de Moby Dick essas duas narrativas de ficção, de Poe e de Verne onde esse fenómeno natural foi referido.


E foi assim que cheguei à leitura das Vinte Mil Léguas Submarinas, que releio agora com muito gosto com "olhos de Linked Books" , ou seja, à procura de referências a outros livros e outros autores. :)

nota: Acabei por ler a obra em duas edições diferentes: a 1ª parte na edição das Publicações Europa-América e a 2ª parte na edição da Edições Relógio D'Água. Explico tudo isso no video de opinião (em baixo), uma novidade que advém do facto de recentemente ter sido criado o canal Youtube do blogue e apoveitarmos assim agora mais esse veículo para comunicarmos com os nossos leitores e seguidores.


Linked synopsis...


"Júlio Verne continua a fascinar um público interessado nas incríveis antecipações científicas, no fabuloso espírito criativo das personagens, na trama inigualável das suas narrativas fantásticas. O futuro viria a confirmar algumas das suas prodigiosas invenções conferindo-lhes, para além do seu maravilhoso poder imaginativo, um ainda maior fascínio para o leitor do século XX, conhecedor do progresso científico e dos seus tentáculos e malefícios. O mistério que sempre envolveu o mar e o desafio que as profundezas marítimas exerceram em todas as épocas sobre os homens, desejosos de as conquistar, são temas eternos que alimentam a imaginação mítica de todas as gerações. 

Em Vinte Mil Léguas Submarinas, é assinalado um "monstro marinho" das profundezas do Oceano; marinheiros, pescadores, cientistas, o mundo em geral, é alertado para o perigo de um misterioso habitante do mar. Organiza-se uma expedição a bordo de uma fragata americana para indagar da natureza do "monstro". A expectativa, o medo, o mistério envolvem essa expedição. O "monstro" esse ser apavorante, é o "Nautilus", primeiro submarino concebido e comandado pelo homem. O comandante é um enigmático capitão Nemo. Palco de uma luta terrível, o Oceano desencadeia as forças do mal nas suas águas tenebrosas. Uma leitura apaixonante de um dos maiores mestres de antecipação científica."

fonte: wook


My opinion...




Livro recomendado a todos os amantes dos clássicos!

Linked books...


A Narrativa de A. Gordon Pym - Edgar Allan Poe (Gordon Pym foi mencionado)

A Origem das Espécies - Charles Darwin (Darwin foi mencionado e este foi o título do autor escolhido para representar esta referência, por já se encontrar na nossa lista de livros a serem lidos)

A República - Platão (Platão foi mencionado e este foi o título do autor escolhido para representar esta referência, por já se encontrar na nossa lista de livros a serem lidos)

Anábase - Xenofonte (Xenofonte foi mencionado e este foi o título escolhido para representar esta referência, por já se encontrar na nossa lista de livros a serem lidos)

Ceylan and The Cingalese - Henry Charles Sirr

Diário Íntimo - George Sand (Madame Sand foi mencionada no texto e no posfácio da edição da Relógio D' Água foi explicada a importância que esta autora teve para a Júlio Verne e muito concretamente para que Verne escrevesse as 20.000 Léguas Submarinas. No blogue já lemos um livro desta autora, nomeadamente "A Pequena Fadette" , pelo que procurámos um outro título da autora para representar esta ligação. Este foi o escolhido por ter sido o único livro da autora disponível actualmente com edição em língua portuguesa)

Gargântua - François Rabelais (Rabelais foi mencionado e a certa altura da narrativa também se fez alusão a Gargântua, dizendo "...seria preciso o estômago de um Gargântua..." pelo que foi este o título do autor escolhido para representar a referência de Verne a Rabelais)

Geórgicas - Virgílio (Virgílio foi citado : "Est in Carpathio Neptuni gurgite vates caerculus Proteus")

Ilíada - Homero (Foi mencionada especificamente a Ilíada e Homero foi referido mais do que uma vez)

Jacques, o Fatalista - Denis Diderot (Diderot foi mencionado e este foi o título do autor escolhido para representar esta referência, por já se encontrar na nossa lista de livros a serem lidos)


Os Fundadores da Astronomia Moderna - Joseph Bertrand (foi referida a obra "Les Fondateurs de L'Astronomie" de Joseph Bertrand, tendo eu optado por uma edição em língua portuguesa)

Os Miseráveis - Vítor Hugo (Vitor Hugo foi mencionado no texto e tendo sido a sua obra "Os Miseráveis" mencionada no posfácio da edição da editora Relógio D´Água, onde se discutiu e expôs a enorme influência que Victor Hugo teve na escrita de Verne, e nas "Vinte Mil Léguas Submarinas" em particular. Foi assim esta a obra escolhida para reperesentar a referência de Verne a Victor Hugo, encontrando-se já a mesma na nossa lista de livros a serem lidos)

O Livro das Mil e Uma Noites - Antoine Gallard (no texto foi mencionado "Sindbad, o marinheiro" e também no posfácio foi feita referência a esta obra, enquanto catalisadora da imaginação e da curiosidade dos leitores da época por locais exóticos e inexplorados)

Os Trabalhadores do Mar - Victor Hugo (encontrei a seguinte referência no texto: "o nosso poeta mais ilustre, autor de "Os Trabalhadores do Mar")

Poética - Aristóteles - (Aristóteles foi mencionado e este foi o título escolhido para representar esta referência, por já se encontrar na nossa lista de livros a serem lidos)

Redgauntlet - Walter Scott (no texto encontrei a seguinte referência: " a maré que surpreendeu o herói de Walter Scott" e uma pesquisa levou-me a este título que julgo ser a obra de Scott onde tal situação acontece)

The Physical Geography of The Sea - Matthew Fontaine Maury (foi mencionada a "Geografia Física do Mar" de Maury, mas não tendo encontrado nenhuma edição em língua portuguesa, optei por esta edição em língua inglesa.  Para além da obra do autor, ocorreu também uma referência a Maury, enquanto "...sábio Maury que descobriu a circulação dos mares)

The Sea - Jules Michelet (Michelet foi mencionado no texto mais do que uma vez e no posfácio da edição Relógio D´Água foi referida a enorme influencia desta obra nas Vinte Mil Léguas Submarinas de Verne. Não encontrei nesta altura nenhuma edição em português pelo que optei pela versão inglesa)

The Servants of The Stomach - Jean Macé (foi mencionado o livro "Os Servidores do Estômago" de Jean Macé, mas não encontrei nenhuma edição em língua portuguesa)

The Voyages of Captain James Cook - James Cook (Cook foi por diversas vezes mencionado no texto das 20.000 léguas submarinas e uma vez que este livro deste gande explorador já se encontra na nossa lista de livros a serem lidos, foi utilizado para representar essas referências)

Uma descida ao Maelström  - Edgar Allan Poe  (Poe foi mencionado e este foi o título escolhido por já se encontrar na nossa lista de livros a serem lidos e por se referir ao fenómeno natural "Maelström" que surge também nesta obra de Júlio Verne).


Linked people...


Plínio
John Tyndall

Erik Pontoppidan
Paul Heggede
Michael Faraday
Marcellin Berthelot
Alexander Humboldt
François Arago
August Heinrich Petermann
Henri Saint-Claire Deville

No comments:

Post a Comment