Friday, December 11, 2015

Diabos Levem a Musa - Inês Montenegro

Linked by...
Este conto surge no Linked Books por duas vias distintas. Em primeiro lugar, foi-me sugerido por Vítor Frazão na plataforma Goodreads. Entretanto havia sido lido para este blogue um outro conto da autora ("Fragmento") que ficou "linkado" a este por já se encontrar na nossa lista de livros a serem lidos.

Mas qualquer que tenha sido a forma como Inês Montenegro tenha regressado ao nosso blogue, recebi esta nova leitura com bastante vontade e expectativa, já que a minha anterior experiência de leitura com o título "Fragmento" , mencionado atrás, foi bastante positiva.

Acedi a esta obra gratuitamente no site Smashwords. Está também disponível no blogue Fantasy & Co.

Linked synopsis...

"Em véspera de data limite para entregar a sua mais recente obra, a Musa foge ao Escrivão para um jantar romântico com um Dragão."
fonte: Goodreads

Linked opinion...

Mais uma vez a autora não desiludiu, e "entregou-nos" um conto muito bem escrito e criativo. Desta vez, trata-se de uma história ligeira e até um pouco divertida. Alguns personagens são novidade, enquanto que outros, clássicos dos mundos fantásticos, se comportam de forma curiosa e talvez inesperada. Originalidade e bom humor são os ingredientes com que podem contar, neste conto cuja leitura  se faz num pequeno "instante de recreio". 

Linked opinion by other bloggers...

Não tendo encontrado outros blogues com posts sobre esta obra, deixo-vos algumas opiniões individuais que recolhi:

"Um mash-up light e divertido da habitual frustração literária com a fugidia musa e do clássico dragão devorador de virgens."
opinião de Vitor Frazão (fonte: Goodreads)

"Estas musas têm que ser postas na linha...já não há respeito! Em todo o caso, está um conto engraçado. Gostei :)"
opinião de Carina Portugal (fonte: Fantasy & Co.)

Linked books...

Os Lusíadas - Luis Vaz de Camões (no texto surge a frase "das águas nunca dantes navegadas" que nos remete inevitavelmente para a obra prima de Camões)

Luar de Janeiro - Augusto Gil (é citado uma frase do poema "Balada de Neve", publicado neste livro)

Linked poem...

A frase "Batem leve, levemente, como quem chama por mim..." leva-nos ao poema "Balada de Neve" de autoria do poeta Augusto Gil, que aqui transcrevemos.

BALADA DA NEVE

Batem leve, levemente, 

como quem chama por mim. 

Será chuva? Será gente? 
Gente não é, certamente 
e a chuva não bate assim.

É talvez a ventania: 

mas há pouco, há poucochinho, 

nem uma agulha bulia 
na quieta melancolia 
dos pinheiros do caminho...

Quem bate, assim, levemente, 

com tão estranha leveza, 

que mal se ouve, mal se sente? 
Não é chuva, nem é gente, 
nem é vento com certeza.

Fui ver. A neve caía 

do azul cinzento do céu, 

branca e leve, branca e fria... 
– Há quanto tempo a não via! 
E que saudades, Deus meu!

Olho-a através da vidraça. 

Pôs tudo da cor do linho. 

Passa gente e, quando passa, 
os passos imprime e traça 
na brancura do caminho...

Fico olhando esses sinais 

da pobre gente que avança, 

e noto, por entre os mais, 
os traços miniaturais 
duns pezitos de criança...

E descalcinhos, doridos... 

a neve deixa inda vê-los, 

primeiro, bem definidos, 
depois, em sulcos compridos, 
porque não podia erguê-los!...

Que quem já é pecador 

sofra tormentos, enfim! 

Mas as crianças, Senhor, 
porque lhes dais tanta dor?!... 
Porque padecem assim?!...

E uma infinita tristeza, 
uma funda turbação 

entra em mim, fica em mim presa. 
Cai neve na Natureza 
– e cai no meu coração.

fonte: http://alfarrabio.di.uminho.pt/vercial/agil.htm


Linked biblical figures...

Adão e Eva

Linked poets...

Augusto Gil 
(foi citada uma frase do seu poema "Balada da Neve", transcrito na rubrica anterior)
Luís Vaz de Camões
(mencionado indirectamente por existir no conto uma frase que remete para a sua obra "Os Lusíada"s)

No comments:

Post a Comment