Thursday, October 16, 2014

As Férias do Carrasco - Dorothy L. Sayers

Linked by...

Foi Stieg Larsson, que nos guiou até à leitura de "As Férias do Carrasco" de Dorothy L. Sayers. Larsson, no primeiro volume da trilogia "Millenium", intitulado "Os Homens que Odeiam as Mulheres" referiu-se aos livros desta autora, sem especificar nenhum título. Este título foi por nós escolhido para representar essa referência, por existir um exemplar disponível na Winking Books.

Esta autora é uma novidade neste blog, mas infelizmente os livros da Colecção Vampiro não o são. Digo infelizmente, uma vez que as minhas anteriores experiências de leitura dos livros desta colecção, revelaram obras fracas ou apenas razoáveis. Contudo, Alípio Vieira Firmino, que partilha comigo a autoria deste blog, ja teve experiências positivas com livros desta colecção. Assim, sendo "a esperança a última a morrer" como se diz, continuo à espera que um pequeno livrinho destes, me revele uma pérola da literatura policial.

Linked opinion...
Este é um livro de curtos contos policiais, num total de doze, que me proporcionaram umas  horas de  razoável entretenimento. Os títulos dos contos são os que se seguem:

1º conto: "A Imagem no Espelho"
2º conto: "A Incrível Evasão de Lorde Peter Winsey"
3º conto: "A Casa da Rainha"
4º conto: "O Colar de Pérolas"
5º conto: "A Bebida Envenenada"
6º conto: "Faro de Cão"
7º conto: "Crime Pela Manhã"
8º conto: "Um é Demais"
9º conto: "Crime no Pentecostes"
10º conto: "Maher-Shalal-Hashbaz"
11º conto: "O Homem que Sabia Como"
12º conto: Os Jogos da Fonte

Não pretendendo entrar em pormenores sobre cada conto individualmente, devo dizer que estes doze contos se subdividem claramente em três grupos:
  • do 1º ao 4º conto , onde temos como protagonista o detective Sir Peter Wimsey;
  • do 5º ao 10º conto, onde o detective protagonista é Montague Egg;
  • os últimos dois contos.
A divisão é clara, por diversos motivos, mas enquanto leitora, a maior diferença sentida foi na qualidade dos contos. Daqui advém que tenha formulado opinião bastante diferente para cada grupo de contos, o que dificultou a apreciação do livro de uma forma global.

O livro começa pelo conjunto de contos (1º ao 4º) em que o protagonista é o detective Sir Peter Wimsey. Gostei deste personagem, e desta ideia de um "detective das classe altas", distinto, correcto e claro está, astuto. Estes primeiros contos são bastante bons, e têm início magníficos. Os mistérios criados, e todo o cenário e personagens colocam o leitor em alerta e em grande expectativa. Pena é que, a meu ver, os desfechos não tivessem estado à altura das histórias e mistérios contruidos.

Achei o segundo conjunto de contos (do 5º ao 10º) de qualidade muito baixa. Não gostei de nada nestes contos. O detective protagonista (Montague Egg) é um sujeito um pouco irritante, que gosta de citar a sua "bíblia", um livro de auto ajuda intitulado "O Manual do Vendedor". De forma completamente inverosímil, este vendedor-detective vê-se constantemente envolvido em mistérios e crimes, e de forma ainda menos credível, os acaba por resolver sempre. Se apenas tivessem surgido um ou dois contos neste formato, ainda teriam passado por histórias fracas mas minimamente interessantes, mas a quantidade de histórias, e o efeito de repetição fizeram "transbordar o meu copo" de leitora. Nem o protagonista ou restantes personagens , nem as histórias e seus desfechos merecem, na minha opinião, que se perca qualquer tempo com estes contos.

O terceiro e ultimo conjunto composto pelos dois contos finais, para mim salvaram o livro. São histórias muito boas, com enredos muito bem elaborados e com desfechos à altura de tudo o resto. Provam estas histórias que não é necessário recorrer sempre à criação de detectives carismáticos para protagonistas, para que se possam escrever excelentes histórias policiais.  Estes contos, ao terem "escapado" a esse padrão, tão em voga no tempo em que foram publicados, só lhes conferem maior interesse ainda.

Em resumo: um livro razoável, mas que não aconselho. Recomendaria apenas os dois últimos contos deste livro, que foram os  que verdadeiramente "salvaram" a minha leitura. Parece que ainda não foi desta que "tive sorte" com um livro da colecção Vampiro...

Linked books...

O Mistério de Cloomber - Sir Arthur Conan Doyle (surgiu neste exemplar, enquanto publicidade da editora , por ser o "Próximo Volume" desta coleccção)

The Plattner Story, and others - H.G. Wells (no 1º conto, intitulado "A Imagem no Espelho", foi mencionada a experiência Plattner do livro de Wells)

Ilíada  - Homero (no 2º conto, intitulado "A Incrível Evasão de Lorde Peter Winsey", foi mencionado Homero e o Catálogo das Naves)

Hécuba - Eurípedes (no  2º conto, intitulado "A Incrível Evasão de Lorde Peter Winsey", Eurípedes foi mencionado. Foi escolhido este título para representar esta menção, por já constar da nossa lista de livros a serem lidos)

Alice no País das Maravilhas - Lewis Carol (no 3º conto, intitulado "A Casa da Rainha", Lewis Carol foi mencionado. Foi escolhido este título para representar esta referência, por já constar da nossa lista de livros a serem lidos)

O Mistério de Edwin Drood - Charles Dickens (no 4º conto, intitulado "O Colar de Pérolas", Dickens foi mencionado. Foi escolhido este título para representar esta referência, por já constar da nossa lista de livros a serem lidos)

As Aventuras de Sherlock Holmes - Arthur Conan Doyle (Sherlock Holmes foi mencionado por três vezes neste livro. Primeiro no conto no 4º conto, intitulado "O Colar de Pérolas" e em seguida no 5º conto intitulado "A Bebida Envenenada", e por fim no 9º conto intitulado "Crime no Pentecostes". Foi escolhido este título para representar estas referências, por já constar da nossa lista de livros a serem lidos)

Odes - Horácio (mencionadas no 4º conto, intitulado "O Colar de Pérolas")

Orgulho e Preconceito - Jane Austen (no 4º conto, intitulado "O Colar de Pérolas", Jane Austen foi mencionada. Foi escolhido este título para representar esta referência, por já constar da nossa lista de livros a serem lidos)

Fedon - Platão (no 9º conto, intitulado "Crime no Pentecostes" Platão foi mencionado. Foi escolhido este título  para representar essa referência, por existirem exemplares disponíveis na plataforma Winking Books)

Poética - Aristóteles (no 9º conto, intitulado "Crime no Pentecostes", Aristóteles foi mencionado. Foi escolhido este título  para representar essa referência, por ter sido a primeira edição em português encontrada)

A Fera na Selva - Henry James (no 11º conto, intitulado "O Homem que Sabia Como", os livros de Henry James foram mencionados, sem que fosse especificado um título. Neste blogue, do autor, já lemos "O Calafrio", mas optei por escolher um novo título para representar esta referência. Foi escolhido este, por existirem exemplares disponíveis na plataforma Winking Books)

Filhos e Amantes - D.H. Lawrence (no 11º conto, intitulado "O Homem que Sabia Como",  D.H. Lawrence foi mencionado, sem que fosse especificado um título. Neste blogue, do autor já lemos a obra intitulada "Mulheres Apaixonadas", mas foi escolhido este para representar esta referência , por já constar da nossa lista de livros a serem lidos)

Linked movies...
mencionado no 1º conto intitulado "A Imagem no Espelho"

mencionado no 1º conto intitulado "A Imagem no Espelho"

Linked music...
mencionada no 2º conto intitulado "A Incrível Evasão de Lorde Peter Wimsey"

mencionada no 2º conto intitulado "A Incrível Evasão de Lorde Peter Wimsey"


canção mencionada no 3º conto intitulado "A Casa da Rainha"

Linked dance...
dança mencionada no 3º conto intitulado "A Casa da Rainha"
Linked people...
Sargent
pintor mencionado no 2º conto intitulado "A Incrível Evasão de Lorde Peter Wimsey"
George Robey
actor mencionado no 2º conto intitulado "A Incrível Evasão de Lorde Peter Wimsey"
George Joseph
assassino em série mencionado no 11º conto, intitulado "O Homem que Sabia Como"
Crippenassassino mencionado no 11º conto, intitulado "O Homem que Sabia Como"
Gesina Gottfried
assassina em série mencionada no 11º conto, intitulado "O Homem que Sabia Como"
Linked places...

Brixton (Londres, Inglaterra)
distrito de Londres, mencionado no 1º conto intitulado "A Imagem no Espelho"
Leicester Square (Londres, Inglaterra) 
mencionado no 1º conto intitulado "A Imagem no Espelho"
Convent Garden Market (Londres, Inglaterra) 
mencionado no 1º conto intitulado "A Imagem no Espelho"
Hyde Park e o Serpentine (Londres, Inglaterra)
mencionados no 1º conto intitulado "A Imagem no Espelho"
Caudry (França) 
cidade mencionada no 1º conto intitulado "A Imagem no Espelho"
Cambrai (França) 
comuna francesa mencionada no 1º conto intitulado "A Imagem no Espelho"
High HolbornHolborn (Londres, Inglaterra)
Holborn (àrea de Londres) foi mencionada no 1º conto intitulado "A Imagem no Espelho",  e High Holborn (uma rua de Holborn) foi mencionada no 10º conto, intitulado "Maher-Shalal-Hashbag"
Barnes Common (Londres, Inglaterra)
mencionado no 1º conto intitulado "A Imagem no Espelho"
Surrey (Inglaterra)
condado inglês mencionado no 1º conto intitulado "A Imagem no Espelho"

Fleet Street (Londres, Inglaterra)
rua mencionada no 1º conto intitulado "A Imagem no Espelho" e também no 11º conto, intitulado "O Homem que Sabia Como"
Evesham (Inglaterra)
cidade mencionada no 1º conto intitulado "A Imagem no Espelho"
Southwark (Londres, Inglaterra)
cidade mencionada no 1º conto intitulado "A Imagem no Espelho"
Essex (Inglaterra)
condado inglês mencionado no 4º conto intitulado "O Colar de Pérolas"
Epsom (Inglaterra)
cidade inglesa mencionada no 4º conto intitulado "O Colar de Pérolas"
Nottingham (Inglaterra)
cidade inglesa mencionada no 6º conto intitulado "Faro de Cão"
Lewes (Inglaterra)
cidade inglesa mencionada no 6º conto intitulado "Faro de Cão"
Ditchley (Oxfordshire, Inglaterra)
casa de campo inglesa mencionada no 7º conto intitulado "Crime pela Manhã"
Beachampton (Buckinghamshire, Inglaterra)
vila inglesa mencionada no 7º conto intitulado "Crime pela Manhã"
Birmingham (Inglaterra)
cidade inglesa mencionada no 8º conto intitulado "Um é Demais"
Coventry (West Midlands, Inglaterra)
cidade inglesa mencionada no 8º conto intitulado "Um é Demais"
Rugby (Warwickshire, Inglaterra)
cidade inglesa mencionada no 8º conto intitulado "Um é Demais" e no 11º conto, intitulado "O Homem que Sabia Como"
Cornmarket (Oxford, Inglaterra)rua de Oxford mencionada no 9º conto intitulado "Crime no Pentecostes"
Baliol College (Oxford, Inglaterra)instituição de ensino superior pertencente à Universidade de Oxford, mencionada no 9º conto intitulado "Crime no Pentecostes"
Trinity College (Oxford, Inglaterra)instituição de ensino superior pertencente à Universidade de Oxford, mencionada no 9º conto intitulado "Crime no Pentecostes"
Bodleian Library (Oxford, Inglaterra)
biblioteca principal da Universidade de Oxford, mencionada no 9º conto intitulado "Crime no Pentecostes"
Biblioteca do Duque Humphrey (Oxford, Inglaterra)
sala de leitura da Bodleian Library da Universidade de Oxford, mencionada no 9º conto intitulado "Crime no Pentecostes"
Kingsway (Londres, Inglaterra)
rua de Londres mencionada no 10º conto, intitulado "Maher-Shalal-Hashbaz"
Deptford (Londres, Inglaterra)
área na margem sul do Rio Tamisa, Londres, mencionada no 11º conto intitulado "O Homem que Sabia Como"
Trafalgar Square (Londres, Inglaterra)
praça londrina mencionada no 12º conto intitulado "Os Jogos da Fonte"
Linked monuments and landmarks...
Marble Arch (Londres, Inglaterra) 
mencionado no 1º conto intitulado "A Imagem no Espelho"
Somerset House (Londres, Inglaterra)
mencionado no 1º conto intitulado "A Imagem no Espelho"
Linked newspapers...

Evening News
jornal mencionado no 1º conto intitulado "A Imagem no Espelho"
News Of The Worldjornal mencionado no 11º conto intitulado "O Homem que Sabia Como"
Standard
jornal mencionado no 11º conto intitulado "O Homem que Sabia Como"

Linked restaurants and cafés...

Strand Corner House da Lyons (Londres, Inglaterra)
 mencionados no 1º conto intitulado "A Imagem no Espelho"
Linked theatres...
Holborn Empire (Londres, Inglaterra)
mencionado no 2º conto intitulado "A Incrível Evasão de Lorde Peter Wimsey"
Linked commemorations...
Noite de Guy Fawkes
festividade mencionada no 4º conto intitulado "O Colar de Pérolas"
Linked legends...
lenda do Doppelgänger 
mencionada no 1º conto intitulado "A Imagem no Espelho"

Linked games...
Bézique
jogo mencionado no 3º conto intitulado "A Casa da Rainha"
Animal, Vegetal, Mineral
jogo mencionado no 4º conto intitulado "O Colar de Pérolas"
Caça à Chinela
jogo mencionado no 4º conto intitulado "O Colar de Pérolas"
Crambo Escondido
jogo mencionado no 4º conto intitulado "O Colar de Pérolas"
Linked companies...
L.M.S. Railway
companhia ferroviária 
inglesa mencionada no 8º conto intitulado "Um é Demais"
Linked brands...
Morgan
marca automóvel mencionada no 1º conto intitulado "A Imagem no Espelho"
Taylors of Harrogate Bros,
marca mencionada no 6º conto intitulado "Faro de Cão"
Austinmarca automóvel mencionada no 6º conto intitulado "Faro de Cão"
Wolseley
marca automóvel mencionada no 6º conto intitulado "Faro de Cão" e também no 12º conto, intitulado "Os Jogos da Fonte"
Linked flora...
Rododendros
flores mencionadas no 12º conto, intitulado "Os Jogos da Fonte"
Lilases
flores mencionadas no 12º conto, intitulado "Os Jogos da Fonte"
Teixos
plantas mencionadas no 12º conto, intitulado "Os Jogos da Fonte"
Algodoeirosplantas mencionadas no 12º conto, intitulado "Os Jogos da Fonte"
Linked objects...
pince-nez
objecto mencionado no 2º conto intitulado "A Incrível Evasão de Lorde Peter Wimsey"
Linked port wines ...
Cockburn 1908
vinho do porto mencionado no 2º conto intitulado "A Incrível Evasão de Lorde Peter Wimsey"
Dow´s
vinho do porto mencionado no 5º conto intitulado "A Bebida Envenenada "
Linked sweets...
doçarias de Fortnum & Mason
mencionadas no 4º conto intitulado "O Colar de Pérolas"
Linked accents...
mencionado no 1º conto intitulado "A Imagem no Espelho"

Linked looked up words...
alacridade - vivacidade alegre (palavra mencionada no 9º conto intitulado "Crime no Pentecostes").
alcantilado - excessivamente íngreme ("alcantiladas" foi a palavra  mencionada no 2º conto intitulado "A Incrível Evasão de Lorde Peter Wimsey").
cediço - quase podre, que sabe a mofo; duro e com mau sabor (ex. pão cediço, queijo cediço); muito velho, sabido de todos ( ex. história cediça); entediante, aborrecido (palavra mencionada no 9º conto intitulado "Crime no Pentecostes").
clerestório - galeria superior ao trifório (galeria estreita, no interior de uma igreja, por cima das arquivoltas das naves laterais, e que apresenta geralmente três aberturas entre cada vão), nas igrejas ogivais (palavra mencionada no 3º conto, intitulado "A Casa da Rainha").
columbinas - [ornitologia] o mesmo que columbiformes, ordem de aves de bico direito, membranoso na base, a que pertence a pomba e a rola = columbinas (palavra mencionada no 3º conto, intitulado "A Casa da Rainha").
ecónomo - administrador de bens (de alguma casa, estabelecimento ou comunidade importante); [pouco usado] mordomo; indivíduo encarregado de uma despensa = despenseiro (palavra mencionada no 9º conto intitulado "Crime no Pentecostes").
enclítica - [gramática] palavra curta e átona que se une foneticamente à palavra que precede, como por exemplo "te" em "dou-te" (palavra mencionada no 9º conto intitulado "Crime no Pentecostes").

No comments:

Post a Comment