Wednesday, January 15, 2014

As Aventuras de Robinson Crusoe - Daniel Defoe

Linked by...
São várias as ligações que me conduziram a este título, o que nãome  surpreendeu, visto estar perante um dos maiores clássicos de sempre da literatura infanto-juvenil. Os livros que até ao momento mencionaram Robinson Crusoe foram:
Foi com enorme prazer que vi este livro ser mencionado por tantas vezes, já que se trata nada mais nada menos que o meu livro de infância preferido. Nem vos saberia dizer quantas vezes o li, e sei que estou perante o meu "record" pessoal de "livro mais vezes lido". Isto porque quando era pequena, à medida que as minhas capacidades de leitura iam progredindo, bem como a minha idade, assim a minha mãe permitia que eu escolhesse uma versão mais adequada à fase de desenvolvimento em que me encontrava. Por sinal, existia uma editora que editava os livros infantis desta forma, e este em particular figurava para todas as faixas etárias, por isso li comecei com a versão dos 6 anos, e fui por aí fora até chegar a uma edição de "adulta". Isto sem contar com as vezes que relia a mesma versão, enquanto não podia pedir outra. 

No entanto, e apesar de todas estas leituras, esta será a primeira vez que irei ler uma edição em português. Uma coisa é certa: antes de começar...já sei que adoro o livro, pelo que a opinião que se seguirá será tudo menos isenta.

Linked opinion...
Se leram o parágrafo anterior, já estão a par de que este é o meu livro preferido dos meus tempos de infãncia. Várias vezes o reli, e em diferentes versões, mas esta foi a primeira vez que o li em português. Dado o lugar especial que esta obra ocupa no meu coração, esta opinião será a menos isenta de todas as que já dei neste blogue, e isso é algo incontornável.

Simplesmente adoro esta aventura e tudo o que ela representa. Enquanto criança, vivia-a intensamente e a minha imaginação transportava-me para a ilha de Crusoe onde me imaginava na pele do protagonista. Deliciava-me com cada leitura, mesmo já sabendo o desfecho. 

Ao relê-la agora em adulta, o impacto é bem menor, e até dei por mim a interrogar-me sobre o que terá causado esta minha ligação tão forte às aventuras de Crusoe. Não deixa no entanto de ser uma excelente leitura, mas talvez a altura melhor para ser lida será durante a infância ou adolescência, altura essa que me parece ser aquela em que a história poderá surtir maior efeito. 

Quanto à edição portuguesa, foi um pouco estranho ler o nome de Friday traduzido literalmente. Por alguma razão, não me soou nada bem chamá-lo "Sexta-Feira". Apesar disso não encontrei problemas de maior em ler em português, e parece-me estar bastante bem conseguida a tradução.

Por tudo o que atrás já referi, gostaria de recomendar esta leitura. Deverá sem dúvida constar como "leitura obrigatória" para os mais jovens.

Linked opinion by other bloggers...
Opinião de Inês no blog OMG! She´s a Book Reviewer!
Opinião de Isabel Maia no seu blog A Companhia dos Livros  

Linked books...
"Last Link": não foram mencionadas outras obras, pelo que este livro representa o fim de várias ligações.

Linked places...

Hull (England)
Winterton Lighthouse (Norfolk, England)
Cromer (Norfolk, England)
Baía de Todos os Santos (Brasil)
Cabo de Santo Agostinho (Brasil)
Arquipélago Fernando de Noronha (Brasil)
Linked looked up words...
traquete - vela que se encontra no mastro com o mesmo nome. É a vela de maior dimensão do mastro de vante (proa).
caranguejar - andar de um lado para o outro sem fazer nada; andar devagar; hesitar, não se decidir (figurado).
escarpim - pé de meia que se calçava por baixo das meias; espécie de chinela; sapato que deixava o calcanhar a descoberto.
tamis - peneira de seda; tecido inglês de lã.
mangual - instrumento para malhar cereais, composto de dois paus ligados por uma correia, sendo um curto e grooso, e o outro comprido e delgado (o mesmo que malho)
celamim - antiga medida de capacidade que correspondia à 16ª parte do alqueire.
escovém - orifício por onde passa a amarra.
probo - que tem carácter íntegro, honrado, justo, recto.

2 comments:

  1. Obrigada Olinda :). Sempre simpática e atenciosa. Vejam os links do livro de Olinda P. Gil aqui no blogue:
    http://linkedbooks.blogspot.pt/2013/10/contos-breves-olinda-p-gil.html

    ReplyDelete