Wednesday, December 26, 2012

Martin Eden - Jack London

Linked by...
Foi James Jones em Até à Eternidade que mencionou este título de Jack London, que será o terceiro título do autor a ser lido neste blogue. Comprado na Bertrand do Colombo em Agosto, tem estado na estante à espera da sua vez. Até agora, tenho gostado dos livros de Jack London, pelo que ao iniciar a sua leitura esperava que este livro fosse também ele uma boa história, sem surpresas de maior.

Linked opinion...
A surpresa surgiu logo nas primeiras páginas, quando me senti-me sugada para dentro desta história, e continuou quando me apercebi, ao fim de horas, que o tempo tinha passado sem eu ter dado conta.

Transportada por um estilo de escrita belo e harmonioso, e para uma história totalmente absorvente, fiquei deliciada com este livro.

Já antes admirava este autor, mais pela sua história de vida, que pelos livros que havia lido até ao momento. Talvez tenha sido por este ser considerado o seu romance mais autobiográfico, que me apaixonou tanto.  Não sei.

Estava quase certa de que este livro iria figurar ao lado dos meus livros favoritos. Infelizmente, e já depois de mais de metade da história, senti-me a retrair e a afastar-me da empatia quase simbiótica que tinha criado com o personagem principal, e que estava a causar a "magia" que só alguns (poucos) livros conseguem operar nos leitores. Que privilégio é quando isso acontece. E que pena perdê-la como me aconteceu aqui...

De qualquer das formas, não deixa de ser um livro que considero pertencer a uma estirpe superior, e que recomendo sem pensar duas vezes.

Linked books...

Fome - Knut Hamsun (mencionado na introdução ao livro)

Cartas de Jack London - Jack London (também mencionado na introdução)

As Minas de Salomão - Henry Rider Haggard

Tritram of Lyonesse - Algernon Charles Swinburne (London refere o autor Swinburne, "que tinha o sentido da cor e da luz", e retratava a rapariga Isolda...)

Dolores -  Algernon Charles Swinburne

Excelsior - Henry Wadsworth Longfellow

Selected Poems - Rudyard Kipling (foram mencionados os poemas de Kipling)

A Doutrina Secreta - Helena P. Blavatsky

The Classical Myths in English Literature - Charles Mills Gayley

A Vida das Abelhas - Maurice Maeterlinck (foi mencionado o autor, e este título foi escolhido por ser o único livro em português deste autor disponível na Wook)

Age of Fable  - Thomas Bullfinch

Otelo - William Shakespeare (foi mencionada Desdémona, uma das personagens desta peça)

O Colar de Veludo - Alexandre Dumas (pai) - foi mencionado o autor, e foi escolhida esta obra por estar disponível na Winking Books, e ser um título para mim desconhecido)

First Principles - Herbert Spencer

The Principles of Psychology - Herbert Spencer

Ensaio sobre o Entendimento Humano - John Locke

Philosophy of Style - Herbert Spencer


Linked poems...


The Psalm of Life
Henry Wadsworth Longfellow

WHAT THE HEART OF THE YOUNG MAN SAID TO THE PSALMIST

    TELL me not, in mournful numbers,
        Life is but an empty dream ! —
    For the soul is dead that slumbers,
        And things are not what they seem. 

    Life is real !   Life is earnest!
        And the grave is not its goal ;
    Dust thou art, to dust returnest,
        Was not spoken of the soul. 

    Not enjoyment, and not sorrow,
        Is our destined end or way ;
    But to act, that each to-morrow
        Find us farther than to-day. 

    Art is long, and Time is fleeting,
        And our hearts, though stout and brave,
    Still, like muffled drums, are beating
        Funeral marches to the grave. 

    In the world's broad field of battle,
        In the bivouac of Life,
    Be not like dumb, driven cattle !
        Be a hero in the strife ! 

    Trust no Future, howe'er pleasant !
        Let the dead Past bury its dead !
    Act,— act in the living Present !
        Heart within, and God o'erhead ! 

    Lives of great men all remind us
        We can make our lives sublime,
    And, departing, leave behind us
        Footprints on the sands of time ; 

    Footprints, that perhaps another,
        Sailing o'er life's solemn main,
    A forlorn and shipwrecked brother,
        Seeing, shall take heart again. 

    Let us, then, be up and doing,
        With a heart for any fate ;
    Still achieving, still pursuing,
        Learn to labor and to wait.

------------------------------------

Apparition
 William Ernest Henley
Thin-legged, thin-chested, slight unspeakably,
Neat-footed and weak-fingered: in his face -
Lean, large-boned, curved of beak, and touched with race,
Bold-lipped, rich-tinted, mutable as the sea,
The brown eyes radiant with vivacity -
There shines a brilliant and romantic grace,
A spirit intense and rare, with trace on trace
Of passion and impudence and energy.
Valiant in velvet, light in ragged luck,
Most vain, most generous, sternly critical,
Buffoon and poet, lover and sensualist:
A deal of Ariel, just a streak of Puck,
Much Antony, of Hamlet most of all,
And something of the Shorter-Catechist.

Jimmy Britt
Richard Realf
August Bebel
Matthew Arnold
William Edward Hartpole Lecky

Henry James
Brander Matthews

Linked mythological figures...

Nemesis

Linked words...

burilou - abrir sulcos com buril. = ENTALHAR, GRAVAR, LAVRAR; retocar ou melhorar o estilo de. = APRIMORAR, APURAR; ficar indelevelmente na memória. = GRAVAR, INCUTIR

pusilânime - excessivamente tímido; que não tem coragem para reagir.

despautério - (francês Despautère, antropónimo [afrancesamento de J. van Pauteren, 1480-1520, gramático flamengo autor de gramática latina muito difundida na Europa])
grande disparate; tolice de marca maior. = CONTRA-SENSO, DESCONCHAVO, DESPROPÓSITO

inanidade - qualidade de inane. = VACUIDADE; nenhum valor; futilidade; vaidade.

marçano - aprendiz de caixeiro.

escolho - penhasco que está de todo escondido ou só à superfície do mar; [figurado]  perigo; obstáculo.

diatribe - escrito ou discurso violento e injurioso (que acusa ou critica).

batoque - espécie de rolha (geralmente de madeira) com que se tapa o orifício que há no alto das pipas e de outras vasilhas de aduela;  [informal, depreciativo]  indivíduo baixo e gordo.

madraço -  que ou quem é dado à ociosidade ou não gosta de trabalhar. = MANDRIÃO

malsã -  nocivo à saúde. = COMBALIDO, INSALUBRE; que tem saúde frágil; que tem más intenções. = MALDOSO, MAL-INTENCIONADOBEM-INTENCIONADO

almotolia - vasilha portátil, de forma cónica, para azeite e outros líquidos oleaginosos. = AZEITEIRA, AZEITEIRO, GALHETA; recipiente, dotado de bico longo, destinado a conter líquido oleoso para lubrificar peças ou mecanismos. = CANTIMPLORA. 

No comments:

Post a Comment